Museus reabrem por todo o mundo

Desconfinamento na Itália, Vaticano, Paris
  Publicado em: 26/06/2020



Compartilhe nas Redes

 

OUTROS DESTAQUES

Aprovado projeto que altera zoneamento da Ilha do Mel
Feira angaria fundos para o João XXIII
Santuários preparam protocolos
| Crédito: Divulgação

      Museus e locais turísticos reabrem por todo o mundo. Na Itália, a Capela Sistina e outros museus do Vaticano reabriram para o público após quase três meses de portas fechadas. Restrição de público, uso de máscaras e higienização das mãos foram regras adotadas. O Museu do Vaticano, em seu primeiro dia de reabertura, recebeu 1,6 mil pessoas, sobretudo famílias romanas. Também em Roma, o Coliseu reabriu ao público, igualmente, com medidas como o controle de temperatura corporal antes da entrada, uso de máscara e regras de distanciamento. O primeiro foi marcado por baixo número de visitantes.

      Na Torre de Pisa, um flashmob com a participação de italianos de todas as idades marcou a reabertura do atrativo turístico, em 30 de maio. Nas visitas, os turistas recebem dispositivos eletrônicos que emitem sinais para advertir quem não respeitar a distância interpessoal mínima de um metro. Em Paris, os bares, cafés e restaurantes reabriram ao público no início de junho. A França já permite a circulação em todo seu território nacional. Museus e monumentos em todo o país também estão abertos.



GOSTOU!?

Envei a sua sugestão de matéria, sua opnião e temas para
as próximas edições da Revista PG Turismo!