Turismo Internacional, o Brasil está preparado?

O Brasil é um belo país para visitar, mas o número de visitantes estrangeiros fica aquém do desejado
  Publicado em: 10/03/2024



Compartilhe nas Redes

 

OUTROS DESTAQUES

Visitantes estrangeiros
Novidade Heineken
Mais atrativos para o WONDER PARK
| Crédito: Acervo pessoal Olivete
A pandemia obrigou a população mundial a mudar seus hábitos, cerciando-a de muitas atividades principalmente o de ir e vir. As pessoas se voltaram para as telas dos celulares e computadores. O contato humano ficou restrito ocasionando ansiedade e depressão em grande parte da população mundial.

Atualmente, está havendo uma necessidade do convívio pessoal, das atividades ao ar livre, de fazer um “detox” das telas e das mídias sociais e principalmente de viajar. No trade turístico, considera-se que 65% é prestação de serviços; e estas mudanças de comportamento estão fazendo com que este setor da economia cresça consideravelmente.

O Brasil é considerado um dos países mais belos para se visitar, mas o número de visitantes estrangeiros fica muito aquém do desejado. Mas quais são os fatores que refream o turista internacional de visitar este país em número significativo para alavancar um dos setores mais importantes da economia? A falta de segurança pessoal, é um dos grandes fatores que afasta os turistas, hoje com as mídias sociais as notícias estão ao alcance de todos, o marketing boca a boca continua funcionando e ninguém quer ir passear com sua família onde pode vir a ser assaltado e roubado, por mais interessante e belo que o local se apresente.

Outro importantíssimo é a carga tributária altíssima que encarece muito para o turista, em alguns países as taxas tributadas são bem menores para o setor de turismo do que para outros setores, porque entende-se que o turismo traz divisas para o país. Fator muito negativo é a insegurança jurídica, o investidor faz o dever de casa antes de tomar sua decisão de onde investir. Erro drástico para o setor de turismo; no poder público seguidamente os cargos são preenchidos politicamente com pessoas que não são tecnicamente preparadas. Outro efeito nefasto, a cada mudança de gestão, muda-se ao sabor dos ventos, para exemplificar nestes últimos 10 anos assumiram 13 ministros do turismo no Brasil.

Quantos deles seriam profissionais da área em questão?

A mesma pergunta se aplica aos estados e municípios. Sempre defendi a tese de que: “Um destino turístico antes de ser bom e apto para receber turistas, ele tem que ser bom para o cidadão em que nele vive ou trabalha” e o cidadão tem papel fundamental neste quesito. Diante do exposto, repetimos a pergunta: o país está preparado para acolher o turismo internacional?

Por:
Olivete Poisler




| Crédito: Acervo pessoal Olivete



GOSTOU!?

Envie a sua sugestão de matéria, sua opinião ou temas para as próximas edições da Revista PG Turismo!